Spotify Une Artists e Analytics

Spotify Une Artists e Analytics

Spotify Une Artists e Analytics

O Spotify anunciou que vai fundir as suas plataforma Spotify For Artists e Spotify Analytics, dois backoffices onde artistas e managers têm acesso a dados estatísticos e as editoras e distribuidoras têm acesso a dados analíticos do consumo de música, respectivamente. 

Há três anos que o Spotify apresentou o Spotify For Artists que este recurso se tornou imprescindível tanto para artistas e managers, que conseguem ter acesso a dados demográficos e geográficos do consumo de música, bem como a outros dados que são valiosos para gerir uma carreira, planear estratégias ou tournées e compreender quem é o público que, de facto, ouve a música de um artista. Por outro lado, no Spotify Analytics as editoras e distribuidoras têm acesso a dados analíticos do consumo de música, o que lhes permite também compreender melhor de que origem provêm os streams, o que pode ser melhorado e como aquela música é consumida. No entanto, e apesar de o Spotify disponibilizar toda esta informação, ela estava separada em dois backoffices distintos. 

Esta semana o Spotify anunciou que vai fundir ambos e permitir que todos: Artistas, Managers, Editoras e Distribuidoras tenham acesso aos mesmos dados e analítica, o que vai permitir tomar decisões mais bem informadas e fundamentadas por dados reais. Esta união vai permitir igualmente que o processo de fazer pitch de uma música para playlists seja partilhado quer por artistas/managers e suas editoras/distribuidoras, enquanto, até agora, era feito por ambos em plataformas distintas. 

As alterações são algumas e deverão ser implementadas ao longo das próximas semanas, entre elas será possível acrescentar várias pessoas ao Team Management, ver um registo de acções da equipa no Spotify através da nova Activity Page. Na informação sobre as músicas, os artistas e seus managers continuam a ver toda a informação, as editoras/distribuidoras vêem apenas as músicas sobre as quais têm direitos. A edição do perfil público ficará agora disponível quer para os artistas/managers como para as editoras/distribuidoras, facilitando assim o processo de actualização quer de biografia, imagens ou playlists. Além de tudo isto, a aplicação móvel, que estava disponível apenas para artistas, ficará também disponível para editoras e distribuidoras.  

Com estas novidades, o Spotify vai poder libertar novas ferramentas e possibilidades para todos ao mesmo tempo: artistas, managers, editoras e distribuidoras. 

Ainda não reclamaste o teu perfil de artista? Clica aqui. 

About the Author /

sonia.silvestre@gmail.com

Editora, de 2000 a 2011, da revista Dance Club. Durante mais de uma década escreveu e entrevistou muitos DJs e produtores de todos os géneros musicais, de Carl Cox, Erick Morillo, Todd Terry, David Guetta, a Dubfire, entre muitos outros. Escreveu para outras revistas e publicações, como a inglesa Musik. Em 2008 foi convidada para moderar o único painel sobre a cena electrónica portuguesa no Amsterdam Dance Event, o Focus On Portugal. Integrou a WDB Management, onde exerceu como Brand Manager até ao final de 2018. Durante este tempo participou na gestão de carreiras dos artistas no que toca à comunicação, promoção, gestão de patrocínios e a relação com as editoras. Fez parte da equipa em eventos como: a One Last Tour dos Swedish House Mafia em Lisboa; as duas datas do I Am Hardwell em Lisboa; o Mega Hits Kings Fest; e o RFM Somnii, de 2012 a 2018, entre outros. Em 2019 começou a trabalhar directamente com os artistas e é Manager dos No Maka.