KAOS Remix Contest: Khine #3 de LL Project

Luis Leite

KAOS Remix Contest: Khine #3 de LL Project

A KAOS Records, editora histórica de música electrónica, está de volta. Com um catálogo cheio de grandes clássicos e temas incontornáveis, a editora lança um remix contest com um dos seus êxitos. Fica o desafio aos alunos ProDJ!

 

Há 25 anos, a oitava edição da KAOS, era “Khine #3” de LL Project, um projecto de Luís Leite (na foto), um dos DJs e produtores mais proeminentes do nascer da cena nacional, no lado B da edição em vinil. Para esclarecer quem não é desta altura, no tempo do vinil havia todo um culto dos lados B, normalmente os temas “menos” comerciais mas que, curiosamente, muitas vezes acabavam por ter mais sucesso que os lados A. Assim, no Lado B ficava o tema mais experimental, mais arrojado e mais criativo. Deste modo, este tema de LL Project feito em colaboração com Rui Da Silva, tocou muito no Alcântara-Mar, onde Luís Leite era DJ residente e acabou por tornar-se um hino das pistas de dança.
Em jeito de celebração, a KAOS vai reeditar “Khine #3” em 2020 e nele incluir remisturas que, quem sabe, podem ser assinadas por ti! Podes fazer download das partes aqui

Em suma: As remisturas devem ser enviadas para info@kaosrecords.pt até 20 de Maio com o assunto: “Khine #3 – Remix Contest”. Das remisturas recebidas, a KAOS vai seleccionar uma para fazer parte da edição oficial.
De recordar que a KAOS Records foi a editora que lançou grandes êxitos como “So Get Up” e “Dance With Me”, dos Underground Sound of Lisbon (DJ Vibe e Rui da Silva), mas também muitos outros temas que deram forma à electrónica de dança de assinatura portuguesa. Em 2020, readaptada e reorganizada, a Kaos vai começar por contar o seu passado e, ao mesmo tempo, rescrever uma nova história baseada nos seus princípios: a irreverência artística, a inovação, a qualidade e, fundamentalmente, a procura da música para a pista de dança.

kaos remix contest

About the Author /

sonia.silvestre@gmail.com

Editora, de 2000 a 2011, da revista Dance Club. Durante mais de uma década escreveu e entrevistou muitos DJs e produtores de todos os géneros musicais, de Carl Cox, Erick Morillo, Todd Terry, David Guetta, a Dubfire, entre muitos outros. Escreveu para outras revistas e publicações, como a inglesa Musik. Em 2008 foi convidada para moderar o único painel sobre a cena electrónica portuguesa no Amsterdam Dance Event, o Focus On Portugal. Integrou a WDB Management, onde exerceu como Brand Manager até ao final de 2018. Durante este tempo participou na gestão de carreiras dos artistas no que toca à comunicação, promoção, gestão de patrocínios e a relação com as editoras. Fez parte da equipa em eventos como: a One Last Tour dos Swedish House Mafia em Lisboa; as duas datas do I Am Hardwell em Lisboa; o Mega Hits Kings Fest; e o RFM Somnii, de 2012 a 2018, entre outros. Em 2019 começou a trabalhar directamente com os artistas e é Manager dos No Maka.